Temer quer cobrar impostos de igrejas para aquecer a economia e gerar empregos com carteira assinada

Confira!

O Na Mira da Notícia com as últimas notícias do dia

 

“Dê a Cézar o que é de Cézar e a Deus o que é de Deus”a frase dita por Jesus  ao se referir a alta cobrança de impostos parece não ser seguida a risca no Brasil. O governo já está estudando a possibilidade de haver essa mudança, o presidente tem o apoio de toda a população brasileira pois no país a Constituição prevê a imunidade tributária a entidades religiosas.

Em reunião com donos de igreja Temer pediu-os que paguem impostos para aquecer a economia e gerar empregos, alem disso agradará também a Deus ajudar a população.

Em um encontro internacional do agronegócio em são paulo ele disse: “A partir de um certo momento, começaremos com medidas, digamos assim, mais impopulares.

E as pessoas me perguntam: ‘mas você não teme propor medidas impopulares?’

Disse ‘não, meu objetivo não é eleitoral’.O meu objetivo nesses dois anos e meio, se eu ficar dois anos e meio, não é reeleição e sim tirar o País do vermelho.

A ideia é que o País inteiro discuta sobre o assunto e que o governo escute e estude com carinho a ideia junto com os donos de igrejas. O que é melhor para o país sera melhor também para as igrejas, somos mais de 200 milhões de habitantes. Pense.
(Via agência de notícia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *