Senadora comunista diz que recebia dinheiro da Odebrecht para socializar com os necessitados

Confira!

Na mira da notícia traz pra você as últimas notícias do dia.

Com o nome incluído na maldita lista da Odebrecht, a senadora Vanessa Graziottin, PCdoB, declarou com exclusividade à nossa reportagem na tarde de hoje que suas motivações para aceitar tais benesses eram as mais altruístas possíveis.

Vanessa, que durante toda sua vida foi uma abnegada militante em defesa do socialismo e da construção de uma sociedade livre da exploração do homem pelo homem e vice-versa, esclareceu que recebia os periódicos malotes generosamente ofertados pelos burguesinhos da empreiteira para socializar com os necessitados.

“TODO MUNDO SABE QUE NÓS, COMUNISTAS, FAZEMOS MILITÂNCIA POLÍTICA POR IDEOLOGIA E NÃO POR QUALQUER VANTAGEM FINANCEIRA. O DINHEIRO QUE EU RECEBI ERA CONSIDERADO POR MINHA E PELOS MEUS CAMARADAS DE PARTIDO COMO UM ATO DE EXPROPRIAÇÃO CONTRA A BURGUESIA E POR ISSO NÓS SOCIALIZÁVAMOS COM OS POBRES”.

As explicações da senadora vieram a lume em momento assaz oportuno pois segundo ela:

“A imprensa burguesa tenta instrumentalizar a divulgação da lista para macular a imagem dos comunistas, em evidente deslealdade tática e estratégica dentro do campo da luta de classes.”

 

(Via agência de notícia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *