Sarney, Temer e FHC atuaram por Renan

CRIMINOSOS DE ALTA PERICULOSIDADE TERIAM PRESSIONADO STF EM DEFESA DO AMIGO CANGACEIRO DE ALAGOAS

O Na mira da notícia traz pra você as últimas noticias dos dias.
Os ex-presidentes FHC e José Sarney atuaram (ou, em bom português: fizeram lobby criminoso), a pedido de Temer, para que o STF mantivesse o senador Renan Calheiros na presidência do Senado.
“(O Globo) Depois do presidente do Senado ser chamado ao Planalto pelo presidente Michel Temer, às 15h de terça, se consolidou a estratégia de buscar uma alternativa para não afastá-lo do cargo, sem desrespeitar o preceito de que réu não pode estar na linha sucessória da Presidência da República. Foi então que começou uma intensa mobilização da “alta cúpula” política do país para que o STF reformasse a decisão liminar.
Cúpulas do Senado, do PMDB e do PSDB, ex-ministros do STF, e os ex-presidente da República José Sarney e Fernando Henrique Cardoso passaram a atuar junto a ministros do STF, num apelo para que não se ampliasse o clima de instabilidade política no país, com o afastamento de Renan a poucos dias do início do recesso parlamentar.
Segundo um interlocutor presidencial, a solução encontrada foi uma construção de “alto nível”, na qual Temer teve “participação ativa”.
— Se acham ruim com Renan, para o governo seria pior sem ele — disse este auxiliar.”
(Via agência de notícia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *