Lava Jato diz que corrupção tucana na era FHC já “prescreveu” e não será julgada

Confira!

Na avaliação de procuradores da força-tarefa da Lava Jato, os episódios relatados por delatores da Odebrecht envolvendo os dois mandatos do ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso se referem a possíveis crimes que, na sua maioria, estão prescritos

Se estiver citado por executivos da Odebrecht em delação premiada na Operação Lava Jato, o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso pode se safar mesmo assim.

Procuradores da força-tarefa avaliam que os episódios relatados por executivos da empreiteira envolvendo os dois mandatos de FHC se referem a possíveis crimes que, na sua maioria, estão prescritos.

A informação é da coluna de Lauro Jardim, do Globo, que acrescenta, citando um investigador do caso como fonte, que todos os relatos serão investigados, para identificar se já existia um esquema de financiamento eleitoral ilegal e compra de apoio político com ajuda de empreiteiras.

(Via agência de notícia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *