História inspiradora de mãe e filho encanta as redes sociais. Veja o vídeo!

Com uma síndrome que surgiu na idade adulta e uma marca de nascença em expansão, a americana usa a maquiagem para se sentir mais bonita

Que a maquiagem é capaz de operar grandes transformações, não é novidade. Mas vale a pena acompanhar a história de Joanne Tronconi, 61, que foi diagnosticada com a síndrome de Klippel–Trénaunay e também nasceu com uma marca de nascença avermelhada que ocupa grande parte da extensão da pele.

A americana moradora da Flórida ganhou atenção das redes sociais após seu filho, Matthew, 16, postar um vídeo em seu canal no YouTube, sobre a relação da mãe com a maquiagem. “Uso make-up para me sentir mais bonita”, conta Joanne.

No vídeo, a americana explica que o inchaço nos lábios não apareceu até completar 40 anos. Mas que rapidamente ela descobriu que a doença pode se agravar e trazer além de deformidades, complicações neurológicas.

mae-usa-maquiagem-para-se-sentir-mais-bonita

Ela explica que apesar de ser alvo de olhares e comentários em todos os lugares que vai, tenta se manter forte. “Ela é minha heroína. É muito corajosa, boa e amorosa”, elogia Matthew. “Nós todos somos bonitos do nosso próprio jeito”, finaliza a mãe, após fazer sua maquiagem com a ajuda do jovem adolescente.

Dentre os produtos que a americana utiliza estão a base profissional, muito pó e batom.

Aperte o play e confira o vídeo:

(Via agência de notícia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *