Diretor Bernardo Bertolucci admite ter gravado cena de estupro real com atriz em filme. Veja o vídeo!

Confira:

O Na mira da notícia traz pra você as últimas notícias do dia.

O diretor Bernardo Bertolucci gerou revolta nas redes sociais e entre os famosos após aparecer em vídeo, no qual admite que não avisou a atriz Maria Schneider que haveria uma cena de estupro no longa “O Último Tango em Paris” (1972). A entrevista foi dada em um programa de TV holandês, em 2013, mas somente agora a história ganhou repercussão.

ft

Segundo o diretor, a intenção era filmar a reação de Maria ao ser estuprada, e não de sua personagem. Na época, a atriz francesa tinha 19 anos.

Maria já havia relevado o caso em 2007, durante entrevista cedida ao Daily Mail. A atriz francesa disse que se sentiu humilhada e que Bernardo jamais havia pedido desculpas pelo ocorrido.

ftg

A atriz morreu 2011, aos 58 anos, após uma luta contra o câncer.

ft

Alguns famosos se pronunciaram sobre o caso.

O ator do longa “Capitão América”, Chris Evans, disse: “Nunca mais verei esse filme, Bertolucci ou Brando como antes. Ultrapassa o asqueroso. Sinto raiva”.

ft

Jessica Chastain publicou: “A todas as pessoas que adoram este filme: vocês estão vendo uma jovem de 19 anos ser violentada por um homem de 48. O realizador planejou o ataque. Me sinto enojada”.

Veja o trailer do filme:

(Via agência de notícia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *