Com salários atrasados, corintianos se revoltam com vencimentos de Jô

Novo reforço receberá R$ 440 mil por mês entre salários e luvas, ou R$ 15,8 milhões ao final do vínculo de três anos

Com os salários de outubro atrasados, os jogadores do Corinthians estão revoltados com a quantidade de dinheiro que o clube gastará com Jô. Recém-contratado a peso de ouro, mesmo estando desempregado desde julho, o atacante receberá R$ 440 mil por mês entre salários e luvas, ou R$ 15,8 milhões ao final do vínculo de três anos.

De acordo com o blogueiro Cosme Rímole, os jogadores não reclamam do problema publicamente por temerem represálias tanto do treinador, Oswaldo de Oliveira, quanto dos torcedores organizados, que prometem novas manifestações na eventualidade de resultados negativos nas próximas partidas.

Após a vitória desta segunda-feira sobre o Inter, o Alvinegro pega Atlético-PR (em casa) e Cruzeiro (fora) para tentar uma vaga na Libertadores e não fechar o ano com fiasco total.

(Via agência de notícia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *