Bicampeã olímpica de judô segue caminho de Ronda e assina com evento de MMA

Kayla Harrison era a reserva de Ronda Rousey na Olimpíada de 2008, quando a medalha de bronze coroou a campanha da atleta naquele que foi o primeiro pódio para os EUA na modalidade entre as mulheres.

Kayla Harrison era a reserva de Ronda Rousey na Olimpíada de 2008, quando a medalha de bronze coroou a campanha da atleta naquele que foi o primeiro pódio para os EUA na modalidade entre as mulheres. Nas duas edições seguintes (Londres-2012 e Rio-2016), no entanto, a ex-iniciante abocanhou dois títulos antes de anunciar sua aposentadoria, que agora se fez entender com o contrato de estreia no MMA assinado.

Kayla era a principal rival de Mayra Aguiar, que disputa a categoria até 78 kg. Elas já se encontraram nos tatames 16 vezes, sendo nove vitórias da norte-americana contra sete triunfos da judoca brasileira.

Ao seguir os passos de Ronda mais uma vez, Kayla, de 26 anos, tem elementos de sobra para brilhar também nos octógono, a começar no WSOF, evento pelo qual compete já no dia 31 de dezembro deste ano, em show a ser realizado no tradicional ginásio Madison Square Garden.

“Eu tenho treinado boxe, jiu-jitsu e tudo mais, e isso é grande para mim, realmente, é isso que eu estava sentindo falta. Sinto falta de lutar nos estágios mais elevados do mundo, e o World Series of Fighting realmente me deu essa oportunidade”, afirmou em conversa com o USA Today.

Ainda sem adversária definida ou categoria (Kayla costumava competir com o limite de até 78 kg no judô), a judoca sabe que a comparação com Ronda ainda é inevitável, e ao que parece ela também se prepara para lidar com isso.

“Muitas vezes pessoas gostam de me comprar com a Ronda. Eu sou eu mesma, faço minhas próprias escolhas. Eu farei isso do meu jeito”, narrou.

(Via agência de notícia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *