Após tumulto em comício, candidato à presidência dos EUA Donald Trump é retirado de palanque por agentes do Serviço Secreto

Confusão aconteceu em Nevada

O candidato republicano à Casa Branca Donald Trump foi retirado do palco por agentes do Serviço Secreto após uma aparente ameaça durante um discurso em Reno (Nevada), na noite deste sábado (05).

Em um comunicado, o Serviço Secreto informou que o tumulto começou após alguém na plateia gritar “arma!”, mas nenhum armamento foi encontrado. Um homem foi imobilizado e retirado do local por seguranças.

O republicano voltou ao palanque após alguns minutos e respondeu ao episódio com um “nunca seremos parados”. O esquema de segurança para entrar nos comícios, seja de Trump ou Hillary Clinton ou de seus companheiros de chapa, é bastante rigoroso. O público passa por detectores de metais e tem suas bolsas e mochilas abertas e revistadas.

Após o comício, Trump divulgou uma nota agradecendo ao Serviço Secreto e aos seguranças por sua “rápida e profissional resposta”.  “Também quero agradecer às muitas milhares de pessoas presentes por seu apoio inabalável e inacreditável. Nada vai nos parar – vamos tornar a América grande de novo”, disse no comunicado.

Não é a primeira vez que o Serviço Secreto age para proteger Trump em um comício. Em março, em Dayton, Ohio, quatro agentes subiram no palco e o cercaram depois que ele discutiu com um homem que estava na plateia e tentou alcançá-lo.

(Via agência de notícia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *