Após brincadeira no jardim de casa, mãe recebe carta de vizinha dizendo que seu filho deveria ser eutanasiado

Confira!

Você já ouviu a frase ”Se não tem nada de bom para dizer, não diga nada”? Bem, muitos por aí provavelmente nunca ouviram.

Infelizmente, a mãe Karla e o pai James Begley, são apenas mais uma vítima desse constante abuso das pessoas que simplesmente não sabem quando parar.

Mas a principal vítima do caso foi, na verdade, o filho deles, o menino de 13 anos, Max. O problema é que ele não é um garoto comum. Max sofre de autismo e, a mãe, de esclerose múltipla. Assim, a vida não é nem um pouco fácil.

menino-autista

E não é que dá para piorar? Um dia, quando estavam na casa da avó do menino, que é simplesmente uma das pessoas que mais cuida de ambos, receberam uma carta do vizinho da senhora. Só não esperavam que ela estivesse cheia de ofensas.

“Quem irá se importar com ele? Nenhum empregador irá contratá-lo, nenhuma garota normal irá casar com ele e você não viverá para sempre! Pessoalmente, eles deveriam retirar qualquer parte ‘não-e**********’ do corpo dele e doar para a ciência. Que bem ele faz para qualquer outra pessoa? Faça a coisa certa e se mude ou faça uma eutanásia! De qualquer forma, estamos melhor sem ele.”, diz uma das partes da carta.

Veja o relato da mãe:

Como alguém é capaz de palavras tão cruéis será ainda um grande mistério para nós. Para você também?

(Via agência de notícia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *